Natalia Lage

Natalia Lage | photo © Elza Cohen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A atriz Natalia Lage esteve em São Paulo  com a peça  “JT – Um conto de fadas punk “, entre junho e julho no Sesc Consolação (Teatro Anchieta).  Fiz uns  
retratos dela enquanto passeávamos no Parque Buenos Aires em Higienópolis e  uma breve entrevista que compartilho aqui.
 
Elza Cohen  –  Voce começou sua carreira de atriz ainda pequena na TV Globo fazendo novelas e o seu ultimo trabalho na TV foi em A Grande Familia.  Percebi que atualmente voce tem atuado mais em Teatro e Cinema do que em TV, foi uma escolha sua ou coincidencia? 
 
Natalia Lage – Acho que um pouco de cada coisa, parece na vida você vai escolhendo as coisas e elas te escolhem de volta, teu caminho acaba indo meio por aí. Eu adoro fazer televisão ( principalmente programas de humor que têm dramaturgia como a grande família ) mas o teatro te coloca em contato com um tipo de trabalho
mais artesanal, mais profundo e elaborado. as relações que se criam durante o processo de feitura de um espetáculo, são muito fortes. talvez por isso tenha me
identificado tanto, o que acabou fazendo com que eu priorizasse esse tipo de trabalho.
 
Elza CohenEm JT – Um conto de fadas punk, voce faz o papel de uma mulher gay se fazendo passar por um homen gay, qual a maior dificuldade
que voce encontrou para compor esse personagem? e como surgiu o convite pra fazer JT?
 
Natalia Lage – Na verdade, o personagem é bem complexo mesmo. principalmente por que JT é um personagem do personagem.. minha maior dificuldade foi encontrar o
incômodo de savannah ( a menina que aparece como JT). saber como que para essa garçonete, seria aparecer diante de milhares de pessoas dizendo
que era uma outra/outro. desse incômodo, vem uma dificuldade de se expressar que servia muito bem ao personagem JT. quanto ao gênero, o que me motivou
foi pensar no desespero dessa garota de descobrirem que ela era realmente uma garota ( com peitos!) rs, então a preocupação dela era parecer um garoto
( desde o gestual até o modo de se vestir). ela não tinha elaboração o suficiente para construir um personagem com  as nuances da sexualidade gay, sua
composição era mais bruta mesmo.
O projeto surgiu de uma idéia minha e da autora luciana pessanha ( que já tinha um rascunho da estória desde que entrevistou JT na FLIP) de contar
essa estória. com o tempo fomos agregando um monte de gente bacana, e aí está.
 
Elza Cohen – Quem é JT Leroy?
Natália Lage JT Leroy, é um garoto gay, que teve uma infância de abusos, drogas e prostituição e conseguiu através da literatura alguma redenção das suas trágicas memórias.
 
Elza CohenAlgum projeto novo?
Natália Lage – Por enquanto não…
 
 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
Natalia Lage por Elza Cohen
Anúncios

Um comentário sobre “Natalia Lage

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s